Dinheiro e Felicidade

O avião não precisa cair

Home  >>  Meu dinheiro  >>  O avião não precisa cair

O avião não precisa cair

On dezembro 6, 2016, Posted by , In Meu dinheiro, With No Comments

Acidentes como o que ocorreu com a equipe de futebol de Chapecó são exemplos chocantes de como dinheiro, felicidade e a vida podem se perder repentinamente. E, de tempos em tempos, os fatos se repetem, como que para nos impedir de esquecer de cuidados importantes a serem observados. Este blog não trata de futebol ou aviação, mas quero traçar alguns paralelos entre o acidente aéreo, as finanças pessoais e a vida como um todo, pois as tragédias sempre podem ser evitadas.

Minha última afirmação tem base no curso de segurança de aviação que fiz em 2007. Na ocasião, aprendi que um acidente aeronáutico nunca é causado por um fator isolado, mas por uma sucessão de eventos encadeados, cujo efeito acumulado resulta em fatalidade. Se apenas um desses eventos da sequência for interrompido, não acontecerá o acidente ao final. As finanças e a vida também devem ser tratadas com o cuidado de quem quer evitar perdas irreparáveis.

Provavelmente, um dos fatores que contribuíram para o acidente na Colômbia foi um plano de vôo mal concebido. Você tem um bom planejamento financeiro? Você usa um orçamento para traçar o rumo do seu dinheiro ao longo do mês, do ano? Você gasta tempo para se planejar para despesas importantes como compra de um imóvel/automóvel, educação dos filhos, uma grande viagem de férias, a abertura de uma empresa, um investimento financeiro de longo prazo, sua previdência? Você consulta bons profissionais (agentes de investimento, coaches, planejadores etc.) para melhorar seus resultados financeiros?

Durante muito tempo, eu acreditava que o dinheiro “dava pra chegar”, mas não chegava ao final do mês. A “conta de chegada” costuma estar errada e só percebemos que não vai dar para chegar perto demais do fim. O “quase” é frustrante, doloroso, desanimador. Muitas vezes, até percebemos que não vai dar pra chegar, mas temos vergonha de assumir que estamos sem dinheiro (combustível) e fazer um “pouso de emergência”, quando ainda há condições favoráveis; tentamos esticar o vôo um pouco mais (com crédito) e o acidente é pior do que poderia ter sido.

Nas finanças pessoais, as reservas financeiras (combustível extra) são fundamentais para garantir a tranquilidade quando o mal tempo nos obriga a mudar de rota. Você faz reservas financeiras para imprevistos ou acha que acidentes (financeiros) só acontecem com os outros?

Algumas vezes, a queda do avião, com perda total, é inevitável. Neste caso, um salto de para-quedas pode salvar a vida do piloto. Nas finanças pessoais (e empresariais), os seguros são os pára-quedas. Tudo o que você não quer perder deve estar segurado, para o seu bem (patrimônio) e para o bem (estar) das pessoas que você ama.

A Chapecoense ganhou o título da Copa Sulamericana, por um memorável ato de solidariedade do Atlético de Medellín.

É um título triste, pois não há campeões para erguer a taça. Com isso podemos entender que a felicidade não está em competir, ou mesmo ganhar, mas em estar lá para comemorar, ou mesmo tentar novamente (derrotado, porém vivo). Se você quiser se aprofundar nos temas financeiros que eu mencionei hoje, use o formulário aí abaixo para fazer contato comigo 👇. As quedas de aviões são e continuarão sendo raras, mas as quedas financeiras, não tão ocasionais, também podem e devem ser evitadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *