Dinheiro e Felicidade

Fidel morreu? Que viva a fidelidade!

Home  >>  Meu dinheiro  >>  Fidel morreu? Que viva a fidelidade!

Fidel morreu? Que viva a fidelidade!

On novembro 29, 2016, Posted by , In Meu dinheiro, With No Comments

Trata-se apenas de um trocadilho; não é uma celebração da morte do ícone cubano, e não escreverei sobre política ou qualquer ideologia. Não vamos falar de Fidel, o assunto hoje é fidelidade!

O nome do ditador de Havana remete às iniciais da virtude que valoriza não somente os relacionamentos interpessoais, mas que também se aplica ao seu relacionamento com seu dinheiro e seus valores essenciais. Se você for fiel ao seu dinheiro ele também será fiel a você e não pedirá separação. Se você for fiel a bons princípios, eles te enriquecerão no íntimo e no saldo bancário.

Há algumas semanas, escrevi um texto que fazia um jogo de completar lacunas, semelhante à antiga brincadeira da forca (se você não leu, pode clicar aqui). Uma amiga minha me surpreendeu: quando a resposta óbvia era “felicidade”, ela afirmou: “dinheiro traz fidelidade”.

Não concordo que dinheiro promove fidelidade, mas não duvido que fidelidade atrai dinheiro. Acredito na afirmação anterior porque dinheiro gosta de coerência (personificando e dando sentimentos ao dinheiro), o que também expressa o adágio popular: “Dinheiro não aceita desaforo”. E desaforo vai desde a infidelidade às pequenas decisões de ser controlado e responsável no trato com o dinheiro que se tem, seja muito ou pouco, e alcança a grande questão do momento: a corrupção no lidar com verbas públicas.

Você tem sido fiel às resoluções que podem te ajudar a prosperar, ou tem caído em muitas tentações financeiras que te afastam dos seus sonhos?

Está chegando o final do ano, época de fazer novos votos e renovar antigas metas. O réveillon é o momento da festa, mas a prática da fidelidade financeira acontece nos demais dias do ano.

Se o tema fidelidade financeira é desafiante para você, parabéns! Você é humano! Se quiser continuar essa conversa, trocar impressões ou somente deixar um comentário para enriquecer o debate, é só escrever aí embaixo 👇. Até a próxima semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *